quarta-feira, 22 de abril de 2015

A Lua em teu olhar

             
        Andei descalça e desavisada de teu ardor,

        sem saber que  enquanto eu calada seguia,

        a lua nos teus olhos me via.

       Ou era eu o reflexo da lua que vi,

       ou me emprestaste seu brilho e altura no espaço?

       Distante e emoldurada  no céu do teu olhar,

       que em pouco tempo de lua que tive,

                                                                    aprendi a pairar leve no ar...

             
     
               
               
 

sábado, 21 de junho de 2014

Em si...gnificâncias

Gosto de observar e sentir os detalhes...
     da sua mão nos cabelos meus,
          gosto de como sorri, de como se enraivece,
               passariam mil anos antes de eu me cansar do teu olhar.
                    Me despi para te oferecer o meu amor,
                         me desvesti de mim mesma, me retirei de mim,
                             e tudo por um afago, por um suspiro, por um soluço,
                                 curto e inevitável, por algo inenarrável, por um calor que me habita
                                            e que se você não vem não cala...

Queria te fazer ouvir o teu belo som,
   por que me encantastes com esta áurea companhia?
        Agora não sei mais viver como os anjos, que só voam e nunca caem...
             eu sobrevoo  tua bela paisagem, e me recuso a retirar tua perfeição
                  se são só detalhes, insignificantes, ainda assim a ti não podem pertencer,
                       pois não há lugar debaixo do sol que se recuse a iluminar,
                           assim meu amor, tu és, como um lírio que habita o meu prado.
                                 

segunda-feira, 24 de março de 2014

Ser nada

Me esqueci de ser chuva,
fiquei pensando demais, que acreditei,
ser só pernas e contornos.
Me faltou a falta,
o vazio, esqueci de não ser...

Apreciei o Sol e passei a odiar a noite,
acabei perdendo a Lua...
Costurei rios e montanhas, desenhei horizontes,
mas me ausentei de ampliar a minha alma...

Dividi o meu ser do resto,
e me sobrou um pedacinho de gente que tenta ser céu...
resolvi então que pra ser eu, devo ser tua,
ser chuva, ser tudo, ser nada...

Nada.

domingo, 13 de outubro de 2013

Paradise dream..

Acordei de um sonho bom, ao teu lado, despertei no calor do teu alento. Não soube dizer se o sonho que tive era mais real do que aquela tua presença, apenas me coloquei a admirar a tua face, me esqueci que os dias terminam, que a noite acaba, que a rosa seca, e me firmei na crença insuperável da sua eternidade. Escolhi crer que estaria assim pra sempre, descansando como que num sonho. Fiquei desde então sem saber, de onde me tiraste que não pude perceber antes que o verdadeiro sonho é a vida?

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Dois é Um ... Om

Há dias nublados... outros com sol, com chuva, com arco-íris... tem dia que a gente tenta não se esfacelar, em outros o sorriso brota o tempo todo. O mundo tá cheio demais...tanta gente chata, grosseira, com uma feiura de alma... Mas tem tanta beleza também... Ah! tem tanta gente agradável, sorridente, amável, tem uns que até se preocupam com os outros! Tem mesmo viu?! Eu tenho uma sorte danada, mal eu tropeço em uma pedra, logo a frente uma grama macia vem aos meus pés consolar. Mal eu estatelo a testa em um equinócio de dúvidas, e no fim da noite me chega uma nuvem de calmaria... Isso graças aos galhos, as árvores, aos pássaros, as cacatuas! E a tua amizade que me embebe de mundo, de não ser tão só, de ser, e só.

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Dana Paramita

A arte da doação
doar, ação do ar
doar-te ação,
doação de arte
Sem um eu
sem um te
para doar e receber
do ar ao ar.

domingo, 25 de agosto de 2013

Fê...liz

Queria ter tempo de honrar a beleza dos teus lábios em papéis,
queria saber descrever o conforto dos teus braços sob lençóis macios...
queria que o tempo permitisse a minha vida desfrutar da tua companhia,
que a união dos  nossos corpos forjasse um estreitar  das nossas almas,
queria enfeitar o céu... da tua boca...
e que esse instante eternamente belo insistisse, teimasse em ter comigo, contigo, conosco...
que a epígrafe da minha existência fosse uma frase tua..não quero mais encerrar-me em mim mesma,
decidi de bom grado dividir-me contigo...
mas quero te dar a melhor parte...
se pudesse soçobrar nos encantos dos teus segredos,
 me daria a audácia de dizer que tenho tudo que desejo.