terça-feira, 1 de novembro de 2011

Inspiration Dream

A professora de artes se dirige aos alunos e diz:

- Deixem-me ler a vocês uma carta de Madre Tereza de Calcutá...Vejam bem, não sou católica, mas não é bem isto o que nos interessa aqui, o que nos interessa na carta é seu conteúdo...

Um dos alunos se manifesta, um homem de meia idade e também o mais erudito da sala, vocifera abjetando veementemente:

-Eu sou contra...prefiro saber sobre documentos ligados a história da arte, ou sobre a técnica da pintura.

A professora fixa o olhar nos atentos olhos azuis do interpelador, contornados por suas feições já
encarquilhadas pelo tempo, e lhe diz em um só folêgo e toda a firmeza que alguém pode ter ao deixar falar uma verdade que lhe grita ao peito:

-Como pode querer pintar o sol, se você não o aprecia? Se você não olha para ele? Como você pode querer fazer coisas belas se não se atenta à beleza? Se não a vê ao seu redor? nas coisas e nas pessoas...como poderá ser um artista?...Estou falando de inspiração! Estou falando de inspiração!

Todos se calam.

Um comentário:

  1. Lindo texto, minha querida. Parabéns pela inspiração, dessas do tipo que só é dado a poucos... Você é uma pessoa muito iluminada, especial... Continue sempre assim, em sua essência... :)

    ResponderExcluir